Em 12 horas, dois PMs são mortos a tiros na Baixada Fluminense

Os corpos dos dois PMs serão enterrados no Cemitério Jardim da Saudade, em Sulacap

ELVIS PEREIRA, Agencia Estado

18 Fevereiro 2008 | 14h44

Dois policiais militares morreram baleados na região da Baixada Fluminense, no Rio de Janeiro, entre o fim noite da noite de domingo, 17, e o começo da manhã desta segunda-feira, 18. Os autores dos disparos não foram presos. A primeira vítima foi o cabo Carlos Henrique dos Santos, de 32 anos, lotado no 39º Batalhão da Polícia Militar (PM), de Belford Roxo. Ele foi alvejado após sair do batalhão, segundo a assessoria de imprensa da corporação. O segundo crime ocorreu em frente ao Hospital Municipal de Duque de Caxias. No início da manhã, o segundo sargento Jailson Corrêa de Oliveira, de 41 anos, deixava o hospital onde trabalhava como segurança quando foi abordado por dois homens que estavam em um carro. Os suspeitos atiraram contra ele e levaram a sua pistola. Alvejado na cabeça, Oliveira ainda foi socorrido, mas não resistiu ao ferimento. Os corpos dos dois PMs serão enterrados no Cemitério Jardim da Saudade, em Sulacap, na zona oeste do Rio.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.