Divulgação
Divulgação

Em alta, chefs argentinos promovem evento

Com 15 restaurantes na lista dos 50 melhores da América Latina da revista inglesa Restaurant, a Argentina abre nesta quinta-feira, 3, a segunda edição da feira Masticar, seu maior evento de gastronomia, que pretende reunir 80 mil pessoas em quatro dias.

Rafael Tonon, Especial para o Estado, BUENOS AIRES, O Estado de S.Paulo

03 Outubro 2013 | 02h18

Promovida pela Acelga (associação de cozinheiros e empresários de gastronomia), a feira tem 40 barracas vendendo comida de chef por até 45 pesos (R$ 17), além de um mercado com produtores orgânicos e familiares e programação de aulas de chefs como Francis Malmmann e Germán Martitegui. Serão mais de 60 empresários e cozinheiros discutindo a gastronomia argentina. Só um deles não é dali: o basco Martin Berasategui, convidado de honra, fala hoje sobre o processo criativo do restaurante que leva seu nome em Lasarte, no País Basco (três estrelas Michelin). "É um evento fundamental para formar público e mostrar o trabalho que os profissionais estão fazendo aqui", diz Berasategui.

"Este é o único evento de gastronomia do país organizado por gente da área, tem outro peso", diz Martitegui, do Tegui, o nono na lista dos 50 Best America Latina - e o mais bem posicionado entre os argentinos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.