Em Aparecida, 7,7 mil homens farão a segurança do papa

Comerciantes de Aparecida devem fechar as portas para poder ver a passagem do papa Francisco pelas ruas da cidade, nesta quarta-feira, 24. Os locais por onde o pontífice deve andar já estão com reforço na segurança. Foram destacados 7,7 mil policiais e agentes das Forças Armadas para o esquema de segurança em Aparecida.

Agência Estado

24 de julho de 2013 | 10h00

Além de 5 mil homens do Exército e da Marina, o governo estadual deslocou 1.800 policiais militares. Outros 600 agentes da Polícia Federal e da PRF também estão na cidade, 300 guardas municipais e da Defesa Civil engrossam a segurança.

O esquema contará ainda com quatro helicópteros equipados com câmeras capazes de detectar alvos a um quilômetro de distância, jipes e equipamentos capazes de identificar até a presença de produtos químicos, como bombas, no perímetro onde Francisco estiver.

Mais conteúdo sobre:
papaAparecidasegurança

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.