Em Cannes, Walter Salles é aplaudido por 6 minutos

Foram seis minutos e meio ininterruptos de aplausos ao fim da première mundial de Na Estrada (On the Road), de Walter Salles, no Festival de Cannes, ontem.

CANNES, O Estado de S.Paulo

24 Maio 2012 | 03h05

A sessão deixou emocionada a plateia de 3 mil pessoas do Palácio do Festival. E deixou Walter Salles também emocionado e ainda um tanto aéreo após a sessão. Passada a emoção. Salles, equipe e convidados fizeram festa no Le Baron, casa noturna no terraço do Cassino de Cannes.

Elenco. A atriz Kristen Stewart, que interpreta no filme Marylou (Luanne Henderson, a primeira mulher do escritor Neal Cassady) chegou ao evento a bordo de um velho Hudson, o automóvel utilizado no filme.

O filme veio à luz não só meio século depois de ter sido escrito por Jack Kerouac, mas também depois de mais de três décadas de gestação. "Ele fala da perda da inocência", afirmou Salles.

Ele apontou que a nova produção compartilha com seu filme anterior Diários de motocicleta não só o fato de descrever uma viagem, mas também o retrato da dolorosa "passagem da juventude à idade adulta" e "de uma geração que procura encontrar sua voz". "Espero também que este filme leve os jovens a descobrir este livro e a mantê-lo vivo", acrescentou.

Salles entrevistou dezenas de pessoas nos EUA antes de iniciar as filmagens. Ele sublinha que se manteve fiel ao livro, mas o filme é uma adaptação. / FLÁVIA GUERRA com AFP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.