Em cerimônica fechada, família se despede de Autran

O corpo do ator Paulo Autran entrou em serviço de cremação em Vila Alpina, na zona Leste de São Paulo. A cerimônia de despedida do ator foi fechada, realizada apenas com a presença de amigos e familiares. Mas as cortinas do salão onde foi realizada a cerimônia foram abertas, para que a imprensa e populares pudessem acompanhá-la. Segundo a atriz Karin Rodrigues, esposa do ator, Autran manifestou o desejo de ser cremado, mas não indicou um destino para as suas cinzas. "A verdadeira crença do Paulo era no ser humano e na arte", disse Karin. O ator morreu ontem, aos 85 anos, em decorrência de câncer.

VINICIUS PINHEIRO, Agencia Estado

13 de outubro de 2007 | 12h46

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.