Em dia volátil, Bovespa cai 0,39%

Com cenário mais tranquilo no exterior e agenda local fraca, investidores venderam ações para realizar lucros

Claudia Violante, Taís Fuoco e Denise Abarca, O Estadao de S.Paulo

09 de março de 2010 | 00h00

A agenda vazia, ontem, e o cenário mais tranquilo no exterior, depois que a França sinalizou que uma ajuda à Grécia deve sair mesmo da zona do euro, fizeram com que a Bovespa titubeasse nesse início de semana. O índice teve muita volatilidade, mas durante a tarde não se afastou muito do zero a zero. A expectativa maior dos investidores está voltada para a madrugada de quarta para quinta-feira, quando a China divulga dados de atividade. Na mesma quinta será conhecido o Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro do quarto trimestre e do ano passado. Com a realização de lucros que predominou nessa segunda-feira, o Ibovespa caiu 0,39%, aos 68.575,47 pontos. No câmbio, houve ajuste técnico da moeda americana ante o real. Um fluxo de saída de recursos ajudou a amparar a leve alta das cotações. O dólar avançou 0,11%, a R$ 1,7880 no balcão. No mercado de juros, houve baixo volume de contratos negociados e taxas ao redor da estabilidade. Nada foi capaz de definir uma trajetória firme. Segundo fontes das mesas da renda fixa, o mercado deve ficar sem contorno definido até a divulgação do PIB brasileiro. A taxa para janeiro de 2011 caiu a 10,39% e para janeiro de 2012, a 11,52%.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.