Em Fortaleza, dois candidatos perdem Enem por atraso

Ao menos dois candidatos chegaram atrasados para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) neste domingo em Fortaleza. No campus do Itapery, da Universidade Estadual do Ceará (Uece), um estudante chegou cinco minutos após os portões terem sido fechados. Chateado, ele não quis conversar com os jornalistas e deixou o local.

LAURIBERTO BRAGA, Agência Estado

04 de novembro de 2012 | 14h05

No campus da Universidade de Fortaleza (Unifor), a estudante barrada foi Stefanie Martins, de 19 anos. Ela chegou trinta segundos após o fechamento dos portões. Candidata ao curso de Administração de Empresas, Stefanie disse que vai tentar novamente no ano que vem. "Acabei me atrasando por causa de um engarrafamento. Lamento. Agora é esperar o próximo Enem", disse ela, que faria o exame pela primeira vez.

Já outros estudantes chegaram mais cedo que o recomendado pela organização do Enem. Nos mesmos locais, houve candidato que se antecipou em três horas.

Na Uece, Jander Soares Silva, de 21 anos, chegou às nove da manhã. "Ontem, acabei chegando em cima da hora. Hoje, não. Estou aqui desde cedo para não ter dificuldades", afirmou. Na Unifor, Thais Rocha, de 19 anos, chegou às dez da manhã. "Estou ansiosa para que comece logo e por isso cheguei cedo até para evitar qualquer contratempo", disse.

Tudo o que sabemos sobre:
educaçãoEnematrasoFortaleza

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.