Em Fortaleza, empresas de ônibus querem aumentar tarifa

Em meio a onda de protestos pela redução das tarifas que ocorreu em todo o Brasil, em Fortaleza (CE), os empresários de ônibus não só rejeitam redução do valor da passagem de R$ 2,20 para R$ 2, como cobram da Prefeitura um aumento para R$ 2,30. Ainda no ano passado, através de liminar obtida Justiça, o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Ceará (Sindiônibus) garantiu a manutenção do preço da tarifa em R$ 2,20.

LAURIBERTO BRAGA, Agência Estado

03 de julho de 2013 | 12h29

A Prefeitura recorre da determinação do Tribunal de aumentar a passagem de R$ 2,00 para R$ 2,20 desde o fim de 2012, mas até hoje a ação não foi julgada. Uma manifestação de estudantes da cidade será organizada em frente ao Palácio da Justiça para pressionar a derrubada dessa liminar. Eles cobram ainda a implantação do passe livre para os alunos carentes. O assunto será levado para o Conselho de Transporte Público que a Prefeitura está criando.

Mais conteúdo sobre:
protestosCEtarifa

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.