Em mensagem, Lula defende necessidade de submarino nuclear

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva defendeu, em mensagem lida nesta quinta-feira, a necessidade de o Brasil possuir submarinos a propulsão nuclear e declarou que o artefato será "imprescindível para a constituição de uma capacidade dissuasória eficaz". Ao mencionar o Programa de Reaparelhamento da Marinha na mensagem, lida em Brasília durante cerimônia para comemorar o Dia do Marinheiro, Lula também destacou a importância da construção de navios-patrulha para a proteção de plataformas de petróleo. "A importância cada vez maior do país no cenário mundial, assim como as recentes descobertas de vastas reservas de óleo e gás na camada de pré-sal, tornam imperativo possuirmos uma Marinha forte, preparada e com grande poder de dissuasão", afirmou o presidente na mensagem. "Os acordos para a construção do primeiro submarino brasileiro com propulsão nuclear estão se tornando a cada dia mais concretos. Com isso, em alguns anos o Brasil fará parte do seleto grupo de nações que possuem esse fator imprescindível para a constituição de uma capacidade dissuasória eficaz", acrescentou. No final deste mês, durante visita do presidente francês Nicolas Sarkozy, Lula assinará um acordo com a França que prevê, entre outros pontos, parceria com os franceses na construção da parcela convencional do submarino a propulsão nuclear. Autoridades militares brasileiras, que apontam o projeto como prioritário, afirmam que o país já dispõe de tecnologia para a parcela nuclear do submarino. Especialistas do setor criticam a opção pela propulsão nuclear, alegando que um submarino convencional seria mais adequado às necessidades brasileiras. (Reportagem de Eduardo Simões)

REUTERS

11 Dezembro 2008 | 14h50

Mais conteúdo sobre:
DEFESA LULA SUBMARINO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.