Michael Appleton/Reuters
Michael Appleton/Reuters

Em NY, casais gays fazem fila para se casar

NOVA YORK

, O Estado de S.Paulo

25 de julho de 2011 | 00h00

O Estado de Nova York começou ontem a fazer o registro de casamento entre homossexuais. Em Manhattan, cerca de cem casais amanheceram em fila para se casar. Nova York é sexto Estado americano a permitir a união entre pessoas do mesmo sexo.

Juntas há 23 anos, Phyllis Siegel, de 76, e Connie Kopelov, de 84, foram as primeiras a se casar. Connie chegou em uma cadeira de rodas, mas ficou em pé com a ajuda de um andador. "Quase não podia respirar", disse Phyllis, após a cerimônia. "É surpreendente o fato de que isso está acontecendo conosco, que finalmente podemos fazer isso como todas as outras pessoas."

Os Estados de Connecticut, Iowa, Massachusetts, New Hampshire e Vermont, além do Distrito de Columbia, onde fica Washington, permitem a união gay.

Daniel Hernandez, de 53, e Nevin Cohen, de 48, também estavam entre os primeiros a se casar. "Alcançar isso na minha vida e ver tantos casais felizes finalmente se tornarem parte de uma comunidade de casais apaixonados é fenomenal."

Na cidade de Farmingville, Steven Hammer, de 46, e Joe Lobosco, de 63, renovaram o casamento após terem celebrado a união, em Toronto, no Canadá, há oito anos. "Isso justifica tudo o que vivemos nesses 21 anos de união", disse Hammer. "Essa manhã foi como uma flor de igualdade se abrindo para nós e para todos os outros", afirmou Rodgers. / AGÊNCIAS INTERNACIONAISN

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.