Em Santos, 16 mil pessoas embarcam em 5 navios

O embarque de turistas no Terminal Marítimo de Passageiros Giusfredo Santini - Concais, no Porto de Santos (SP), foi tranquilo neste domingo, quando cerca de 16 mil pessoas embarcaram nos cinco navios que fizeram escala na cidade. O check-in foi aberto às 10h30 pela MSC Cruises e por volta das 15h30 a maior parte dos passageiros dos transatlânticos MSC Opera, Splendour of the Seas, AIDAcara, CVC Imperatriz e CVC Zenith já estavam a bordo.

REJANE LIMA, Agência Estado

30 de janeiro de 2011 | 18h06

Morador de Bom Jesus da Lapa (BA), o comerciante Valter Nascimento Costa, de 60 anos, foi um dos últimos a embarcar no CVC Imperatriz, mas mesmo assim elogiou o atendimento do terminal e da operadora. "Fui muito bem atendido, não tive problema nenhum nessa viagem, nem aqui, nem no aeroporto", disse Costa, que faz seu primeiro cruzeiro, de uma semana, rumo à Argentina.

"Minha cidade fica mais perto de Brasília que de Salvador, então viajamos até lá de carro (600 km) pegamos um voo para Guarulhos (SP), dormimos lá e hoje de manhã viemos para Santos de ônibus", conta o baiano, que iniciou a jornada às 6h da manhã de ontem, quando saiu de sua casa.

Inaugurado em 1998, o terminal de passageiros de Santos tem sua demanda aumentada a cada ano. Na atual temporada (de outubro/2010 a abril/2011) a expectativa é que 1,050 milhão de passageiros utilizem o terminal, que receberá 22 navios em 310 escalas.

O auge de movimentação deve acontecer no desembarque dos sete cruzeiros de carnaval, em 8 de março, quando são esperadas 28 mil pessoas. Outra data pico foi 26 de dezembro, que com a atracação de cinco grandes transatlânticos ocasionou um fluxo de 26.800 pessoas no Concais. Na temporada 2009/2010, o Porto de Santos recebeu 20 navios de cruzeiros e 979 mil passageiros.

Tudo o que sabemos sobre:
Santoscruzeiros

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.