Em São Paulo, 912 indultados no Dia dos Pais estão foragidos

Este número é o mais baixo dos últimos anos; se forem recapturados, eles perdem direito ao regime semi-aberto

Elvis Pereira, estadao.com.br

18 de agosto de 2008 | 18h07

Novecentos e doze presos beneficiados com a saída temporária no Dia dos Pais não voltaram para o sistema prisional paulista. O número corresponde a 5,09% dos 17.930 indultados no Estado. Segundo a Secretaria de Administração Penitenciária (SAP), que divulgou o balanço nesta segunda-feira, 18, o índice é um dos mais baixos registrados nos últimos anos para a mesma data.  Em 2004, o índice de foragidos atingiu 6,48%, em 2005, 7,29%, em 2006, 5,64%, e no ano passado, 5,44%. De acordo com a secretaria, somente na Grande São Paulo, dos 2.971 beneficiados, 119 não regressaram, o equivalente a 4,01% do total. Quando o detento indultado não volta para a prisão ele perde o benefício do regime semi-aberto. Portanto, se for recapturado, vai para o regime fechado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.