Em Sorocaba, 40 mil rezam pela Jornada Mundial

Cerca de 40 mil fiéis atenderam ao pedido do papa Francisco e rezaram pelo sucesso da Jornada Mundial da Juventude durante a Romaria de Aparecidinha, neste domingo (14), em Sorocaba. Numa tradição que se repete há 114 anos, uma imagem da santa foi levada da Catedral Metropolitana, no centro da cidade, para o santuário de Nossa Senhora Aparecida, no bairro de Aparecidinha.

JOSÉ MARIA TOMAZELA, Agência Estado

14 de julho de 2013 | 16h21

A caminhada de 14 quilômetros, iniciada com missa campal celebrada pelo arcebispo dom Eduardo Benes de Sales Rodrigues, foi vencida em cinco horas. O arcebispo orou com os fiéis pelo papado de Francisco e fez o lançamento da Semana Missionária, que antecede a Jornada, que será realizada entre 23 e 28 deste mês, no Rio de Janeiro, com a presença do papa. Os romeiros seguiram pelas ruas do centro até a Santa Casa, na Avenida São Paulo, onde houve a bênção aos enfermos.

Ruas e avenidas foram interditadas para a passagem dos romeiros, que seguiram depois por uma estrada em terra. No bairro, outra missa foi celebrada diante de uma multidão. Milhares de pessoas pagavam promessas. A imagem foi trazida para Sorocaba por tropeiros em 1785. Há relatos de que em 1804 o trajeto já era percorrido, mas a romaria tornou-se oficial em 1899. A celebração faz parte do calendário católico nacional e ainda este ano será declarada patrimônio imaterial pelo Conselho Municipal de Defesa do Patrimônio Histórico.

Mais conteúdo sobre:
PapavisitaSorocaba

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.