Em SP, passeata complica trânsito na Avenida Paulista

Uma passeata de 400 pessoas na Avenida Paulista causa congestionamento na região central da capital paulista. São familiares de deficientes auditivos que buscam que o governo tanto o municipal como o estadual dêem atenção aos alunos com problemas auditivos. Segundo o Centro de Operações da Polícia Militar (Copom), o protesto era pacífico. Por volta das 15 horas, os manifestantes ocupavam uma faixa da avenida, no sentido Paraíso. A via estava com trânsito ruim a partir da Rua Augusta até a Praça Oswaldo Cruz. Na mesma hora, toda a cidade apresentava 62 quilômetros de congestionamento. A Marginal do Tietê registrava os piores trechos de lentidão: 5,4 quilômetros, nas pistas expressa e local, da Rodovia Castello Branco até a Ponte do Piqueri, no sentido Ayrton Senna; e 3,6 quilômetros, entre a Rua da Coroa e a Ponte da Casa Verde, no sentido Castello Branco.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.