Em SP, túnel no bairro do Limão vai remover 340 imóveis

Um total de 340 imóveis dos bairros de Santana e do Limão, na zona norte da capital paulista, serão desapropriados pela Prefeitura para a construção de um complexo viário com dois túneis que ligará as Avenidas Cruzeiro do Sul e Engenheiro Caetano Álvares. Uma parte já foi desapropriada, mas a Prefeitura não informou o número de imóveis. Moradores se queixam de que a administração não os avisou sobre o cronograma das desapropriações.

AE, Agência Estado

20 de outubro de 2010 | 11h23

A medida está prevista no Estudo de Impactos Ambientais (EIA) e no Relatório de Impactos Ambientais (Rima) da obra. Por meio de sua assessoria, a Secretaria Municipal de Infraestrutura Urbana e Obras (Siurb) informou que notificará apenas os proprietários que ainda terão os imóveis desapropriados. Um decreto com os endereços deverá ser publicado no Diário Oficial da Cidade. A pasta afirma ainda que "não pode fornecer a localização dos imóveis", pois "seria deselegante com os proprietários, que saberiam do assunto pelos jornais".

Imóveis comerciais e residenciais estão na lista. Moradores de Santana dizem que as desapropriações já começaram na esquina da Rua Conselheiro Saraiva com a Avenida Cruzeiro do Sul e nas Ruas Bem-Vinda Aparecida de Abreu Leme, Perpétuo Júnior, José Debiex, Vitória Perpétuo, Dr. Zuquim e Dr. Artur Guimarães.

"Já vi vizinhos que foram desapropriados e fiscais (da Prefeitura) fazendo medições no meu portão", diz o encadernador Amilton Francisco de Souza, de 56 anos, morador da Perpétuo Júnior. "Só que não recebi aviso se serei ou não desapropriado. É ruim, porque a casa está à venda e não consigo comprador."

Para João Crestana, presidente do sindicato da habitação de SP (Secovi SP), a incerteza da desapropriação atrapalha o mercado imobiliário. "Quando já existe uma definição detalhada, os efeitos da obra são visíveis. Mas enquanto existirem os boatos, o mercado se retrai. O grande problema é a incerteza, que impossibilita a quantificação do valor do imóvel e, assim, os negócios."

O início da construção da ligação viária entre as Avenidas Cruzeiro do Sul e Engenheiro Caetano Álvares ainda não tem data definida. O projeto consta no Plano Diretor Estratégico da cidade, com previsão para conclusão em 2012. As informações são do Jornal da Tarde.

Tudo o que sabemos sobre:
obrastúneldesapropriaçãoLimãoSP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.