Felipe Rau/AE
Felipe Rau/AE

Em um casarão de esquina, muito mais que pão e vinho

Não é um restaurante. Também não é um bar. Tampouco um café. Então, o que é o Marcelino Pan y Vino, que abre na próxima terça-feira? "Gosto de dizer que somos uma casa de baixa gastronomia com técnica de alta", diz a chef Daniela França Pinto, que também comanda o Lola Bistrot.

Cíntia Bertolino, O Estado de S.Paulo

27 Janeiro 2011 | 00h54

O Marcelino tem um menu enxuto, com boas opções de sanduíches, hambúrgueres, massas, sobremesas, petiscos, saladas, tortas e omeletes. No fim de semana servirá café da manhã com iogurte e compotas feitas na casa. Os pães, assados no forno a lenha, têm fermentação natural. Os ovos são caipiras, e os ingredientes devem mudar conforme a sazonalidade. Mais adiante, a ideia é vender queijo, melado e compotas vindos de Paraty (RJ).

Instalado em um agradável casarão de esquina, o salão tem vista para a cozinha e o forno a lenha e acomoda 16 pessoas. O espaço externo tem duas mesas comunitárias no jardim - e lá os fumantes são bem-vindos. No corredor ao lado do salão, também ao ar livre, cabem 20 pessoas. Mesmo depois de a casa fechar, a cozinha continuará trabalhando graças à "portinha da madrugada", que funcionará até a 1 da manhã.

Onde comer

Marcelino Pan y Vino

R. Girassol, 451, Vila Madalena, 3034-0461. 12h/0h; 6ª até 1h; sáb. 13h/1h; dom. 13h/22h (fecha 2ª)

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.