Em vez de ouro, anel do papa será de prata dourada

O Estado de S.Paulo

19 de março de 2013 | 02h07

Depois do crucifixo de ferro, dos sapatos pretos e das vestes mais discretas, Francisco deu ontem mais um sinal de que seu pontificado será marcado pela simplicidade no lugar da ostentação. O anel do pescador, que usará a partir de hoje, foi feito de prata dourada, abandonando o ouro usado até seu antecessor, Bento XVI.

A joia é mais uma das tradições litúrgicas milenares e recebe o nome de anel do pescador por se referir a Pedro, o apóstolo pescador. Questionado sobre se a escolha de um material menos nobre era inédita na história da Igreja Católica, o porta-voz do Vaticano, Federico Lombardi, saiu pela tangente. Disse não saber sobre de que materiais eram feitos os anéis anteriores. /A.N.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.