Embaixada: 53 brasileiros estavam em navio

O consulado do Brasil em Roma informou que 53 brasileiros estavam no navio de cruzeiro que naufragou na costa italiana na noite de sexta-feira. Segundo o consulado, a empresa Costa Cruzeiros, dona da embarcação, disse que 47 dos brasileiros eram passageiros e os outros seis, tripulantes. Até o momento, não há informações de brasileiros entre os mortos, feridos e desaparecidos.

SILVANA MAUTONE, Agência Estado

14 de janeiro de 2012 | 13h42

Um grupo de 26 brasileiros que estava no navio já está a caminho de Milão, segundo a embaixada brasileira na cidade. Caso necessário, a embaixada do Brasil na Itália providenciará novos passaportes para essas pessoas. No caso de quem precisar viajar imediatamente ao Brasil, emitirá um documento chamado Autorização de Retorno ao Brasil (ARB), que substitui provisoriamente o passaporte.

O telefone de emergência do Consulado Brasileiro em Milão é 00xx39 335 727 8117 e do Consulado Brasileiro em Roma, 00 39 333 1184 682.

Segundo a imprensa italiana, cerca de quatro mil pessoas estavam no navio Costa Concordia. Até agora foram registradas três mortes, possivelmente por afogamento, e 14 pessoas estão feridas, duas delas em estado grave. De acordo com os jornais italianos La Repubblica e Corriere della Sera, aproximadamente 70 pessoas estão desaparecidas.

Tudo o que sabemos sobre:
Itálianaufrágiobrasileiros

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.