Embaixada francesa é alvo de ataque na Mauritânia

Um suicida morreu e dois guardas se feriram levemente neste sábado em um ataque à bomba do lado de fora da embaixada francesa na capital da Mauritânia, informou uma fonte da representação diplomática.

REUTERS

08 Agosto 2009 | 17h17

Não se sabia imediatamente quem estava por trás do ataque, que aconteceu no exterior do prédio, disse a fonte.

O incidente ocorreu três dias após Mohamed Ould Abdel Aziz, que derrubou o primeiro líder democrático da Mauritânia em um golpe militar no ano passado, ter sido empossado como presidente depois de vencer eleições no mês passado.

Os adversários derrotados denunciam a votação como uma fraude, mas a França disse estar pronta para travar relações com o Estado islâmico, que prometeu fazer da luta contra a Al Qaeda uma prioridade.

Mais conteúdo sobre:
MAURITANIAFRANCAATENTADO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.