Embraer confirma venda de 24 aeronaves para o Equador

A Embraer confirmou nesta segunda-feira ter completado a venda de 24 aeronaves à Força Aérea equatoriana, uma negociação anunciada no ano passado.

REUTERS

23 de março de 2009 | 21h26

A Embraer, maior fabricante do mundo de jatos regionais com até 120 assentos, disse que espera iniciar a entrega dos aviões Super Tucano no final de 2009. As aeronaves serão usadas em missões de vigilância e treinamento, disse a empresa.

A fabricante brasileira disse ter vendido modelos Super Tucano para forças aéreas de países latino-americanos, entre eles Brasil, Colômbia e República Dominicana.

A empresa disse no mês passado que reduzirá em 20 por cento sua força de trabalho em todo o mundo e cortará planos de investimento e previsão para entregas de aeronaves em 2009, devido à queda acentuada no mercado global de aviação.

(Reportagem de Elzio Barreto)

Tudo o que sabemos sobre:
AEREASEMBRAERVENDAEQUADOR*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.