EMI contrata criador do Second Life para estratégia digital

Gravadora prepara-se para enfrentar mudanças na forma de vender música

Yinka Adegoke, Reuters

10 Junho 2008 | 11h25

O grupo EMI, quarto maior empresa musical do mundo musical, anunciou na segunda-feira, a contratação do co-fundador da Linden Lab, Cory Ondrejka, como vice-presidente sênior de estratégias digitais da EMI Music.

 

Segundo comunicado divulgado pela gravadora, Ondrejka é responsável pelo desenvolvimento da Linden Lab e do mundo virtual Second Life.

 

A nomeação de Ondrejka ocorreu apenas dois meses após o ex-chefe do departamento de informação do Google, Douglas Merrill, assumir a chefia da área de negócios digitais da EMI Music.

 

O grupo EMI, à semelhança de outras grandes empresas do ramo da música, tem lutado com a transição do seu tradicional negócio de venda de CDs para o recente modelo de distribuição de música digital.

 

A empresa espera que a nomeação de executivos com vasta experiência digital ajude a enfrentar com sucesso a rápida mudança na forma como os consumidores compram música.

 

 

MetaNews

 

O Second Life ganhou versão brasileira em abril de 2007, distribuída no País pela Kaizen Games e pelo iG. Desde o final de junho, o Grupo Estado também edita o MetaNews no mundo virtual. Atualizado de forma dinâmica, traz notícias sobre o mundo virtual e dicas de lugares interessantes, eventos e agenda cultural.

 

O MetaNews é distribuído nas coordenadas MLBR Copacabana 3 (164, 150, 23). Clique aqui para teleportar e pegar um exemplar.

 

Se você ainda não tem o Second Life instalado, faça o download do programa agora. Clique aqui e baixe gratuitamente.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.