Empresa frustra viagem a Cancún de 34 estudantes

Um grupo de 34 formandos do ensino médio de escolas particulares do interior paulista teve a viagem de formatura para Cancún, no México, adiada pela segunda vez em cinco dias. A primeira previsão era de saída na sexta-feira, mas ela foi adiada. Na tarde de anteontem, os estudantes saíram de Botucatu, Bauru, Jaú e São Manuel, mas voltaram para casa depois de horas de espera no Aeroporto de Cumbica, em Guarulhos.

RICARDO VALOTA E NATALY COSTA, Agência Estado

04 de julho de 2012 | 11h31

Os estudantes chegaram ao aeroporto por volta das 20 horas. Às 3h15 de ontem, o professor de inglês Helder Luís Forti, que embarcaria com os jovens no voo da Whitejets marcado para 1h30, saía do aeroporto, frustrado.

"Alegaram que o hotel onde ficaríamos hospedado está lotado. A agência responsável pela viagem não nos deu previsão nenhuma", conta Forti. "Na sexta-feira, nós também não embarcamos. Na ocasião, disseram que o aeroporto no México estava fechado. Chegaram a dizer que o problema era de espaço aéreo e muitos aviões não estavam aterrissando; outra informação era de que o aeroporto estava fechado por um tiroteio."

Cada estudante pagou cerca de R$ 5 mil pela viagem. A consultora de eventos Bruna Ragazzi, de 29 anos, irmã de um dos estudantes de São Manuel, disse que os alunos resolveram antecipar a viagem de formatura para o México, que seria no fim do ano, por causa do clima quente neste período do ano.

Bruna afirmou também que os estudantes saíram de suas cidades em direção a Cumbica por volta das 14 horas e só foram informados sobre o problema poucos minutos antes do embarque. "O pessoal da empresa de viagem disse que o hotel havia praticado overbooking."

Organização

A viagem é organizada pela Trip&Fun, empresa especializada em levar adolescentes para destinos internacionais, como Cancún, Orlando e Bariloche. Em uma das propagandas na página da internet, diz que tem "lugares garantidos para Cancún" porque trabalha com fretamento de voos.

Ontem, na mesma página da internet, a empresa tinha o seguinte comunicado: "Atenção! Por problemas logísticos, algumas saídas para Cancún estão sendo alteradas. Prestaremos todo o auxílio que for necessário". Havia ainda um e-mail de contato para dúvidas.

Procurada, a assessoria de imprensa da Trip&Fun afirmou que "só ficou sabendo do ocorrido pela televisão" e não conseguiu contato com a diretoria da empresa. Por isso, não emitiria um posicionamento oficial sobre o caso ainda. As informações são do jornal O Estado de S.Paulo.

Tudo o que sabemos sobre:
viagemCancúncancelamento

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.