Empresa terá que indenizar criança que sofreu choque

A Ampla, concessionária de distribuição de energia elétrica, foi condenada pelo Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ) a indenizar, em R$ 50 mil, uma menina de 8 anos por danos morais. A criança foi vítima de uma descarga elétrica em Araruama, na Região dos Lagos.

NATHÁLIA NHAN, Agência Estado

10 de janeiro de 2012 | 18h40

Funcionários da empresa faziam manutenção na rede elétrica do local por conta do rompimento de um fio de alta tensão. Segundo seu pai, Amilton Souza, a menina levou um choque ao encostar no portão de sua residência. A criança sofreu problemas no pâncreas, queimaduras nas duas mãos e, posteriormente, falta de atenção nos estudos. A empresa alega não ser culpada pelo incidente, pois o curto circuito na rede elétrica, ocasionado pelo rompimento do fio, foi causado pelos fortes ventos na região.

Tudo o que sabemos sobre:
indenizaçãodescarga elétrica

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.