Empresa usará Austrália para lançar foguetes à ISS

A empresa americana Rocketplane Kistler,que tem um contrato de US$ 272 milhões com a Nasa, usará a Austráliapara lançar foguetes à Estação Espacial Internacional (ISS, sigla eminglês), segundo informou a agência australiana AAP. Os aparatos sairão da zona militar de Woomera, no Estado daAustrália do Sul. A Rocketplane Kistler acordou com a Nasa que lançaria ao espaço oprimeiro foguete, um K-1, desenhado para transportar pessoal eequipamentos, no final do 2008. O Departamento australiano de Defesa indicou, através de umcomunicado, que o projeto trará benefícios muito necessários paraWoomera. As Forças Armadas australianas empregam a Área Proibida deWoomera, desde a década de 1950, para realizar testes de diversos tipos,incluindo de armas nucleares. A estação de satélites de Woomera, chamada Nurrungar, foi fechadaem 1999 e transferida para outro lugar.

Agencia Estado,

21 de agosto de 2006 | 18h59

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.