Empresário é morto a tiros na zona oeste de SP

Papel encontrado na pasta da vítima continha endereço onde ele foi baleado

Ricardo Valota e Daniela do Canto, estadao.com.br

05 Dezembro 2008 | 06h51

Um empresário identificado como Humberto Campos de Magalhães, de 40 anos, que trabalha em Alphaville, na cidade de Barueri, na Grande São Paulo, foi morto a tiros, por volta das 21h30 desta quinta-feira, 4, na esquina da Rua Carlos Weber com a Rua Alfenas, na Vila Leopoldina, zona oeste da capital paulista. Moradores da região afirmaram à polícia que escutaram um estrondo e, ao saírem à rua, viram a vítima já baleada, na altura do coração. Policiais militares acionados para preservar o local do crime para o trabalho da perícia disseram que Humberto foi levado para o Hospital Universitário, onde morreu. A carteira da vítima, cuja residência seria no mesma região do crime, não foi encontrada. No banco traseiro, foi encontrada uma mala de viagem. No dianteiro, uma pasta, em cima da qual havia um papel com a inscrição "Carlos Weber, 457", exatamente em frente a este endereço, fica o ponto de ônibus, onde a vítima foi socorrida pelos bombeiros. O endereço existente na pasta é de um edifício residencial. Ainda dentro do carro, no banco dianteiro, há uma marca de tiro. O caso foi registrado no 91º Distrito Policial, de Vila Leopoldina.

Mais conteúdo sobre:
empresário assassinado SP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.