EMPRESAS Microsoft medirá as suas emissões

A Microsoft vai se tornar neutra em emissões de carbono usando sua expertise, a tecnologia, para criar projetos que compensem as emissões vindas de suas atividades, desde viagens à execução de seus programas. Terminais eletrônicos nas instalações da Microsoft captam em tempo real dados sobre as emissões de cada funcionário e as convertem em verba a ser investida em projetos ambientais e sociais. O fundo coleta cerca de US$ 10 milhões por ano. Os projetos são, por exemplo, de melhoria na produtividade da agricultura e medição de decomposição de solo na Amazônia.

O Estado de S.Paulo

18 de junho de 2012 | 03h03

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.