Encerramento em Cannes traz filme com alerta sobre aquecimento global

O diretor francês que encantou o mundo e ganhou um Oscar com seu documentário "A Marcha dos Pinguins", de 2005, fechará o festival de Cannes com um tom sombrio com um filme sobre o aquecimento global afirmando que não só os pinguins devem se preocupar.

MICHAEL RODDY, REUTERS

24 Maio 2015 | 12h01

O filme "La Glace et le Ciel" (O Gelo e o Céu), de Luc Jacquet, não está na competição, mas será exibido após o anúncio do vencedor da Palma de Ouro na noite de domingo.

O filme conta as experiências do octogenário cientista francês Claude Lorius que, a partir dos 23 anos, fez mais de 20 expedições polares, a maioria delas para a Antártida.

Com imagens de arquivo, o filme mostra Lorius em sua primeira expedição à base de Charcot da França na Antártida e os perigos de trabalhar em temperaturas que às vezes caem para menos 90 graus Celsius.

O filme também mostra Lorius e seus colegas sobrevivendo a acidentes sucessivos de dois aviões de transporte norte-americanos que caíram ao tentar decolar na Antártida, felizmente sem causar ferimentos.

O longa ainda contém uma sequência perturbadora que começa com o que parece ser uma vasta extensão de gelo polar, mas que logo se derrete e corre como um rio turbulento.

A mensagem do filme é que a Terra está se aquecendo mais rápido do que em centenas de milênios.

Mais conteúdo sobre:
CULTURA CANNES ENCERRAMENTO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.