Encontrada salina mais antiga da Europa

Uma equipe de arqueólogos búlgaros encontrou o centro de produção de sal mais antigo da Europa, datando de 5.400 a.C., informa o diretor do instituto arqueológico da Academia de Ciências da Bulgária, Vasil Nikolov. O cientista explicou que, na época do neolítico, um grupo de instalou perto de fontes de água salgada onde hoje fica a cidade de Provadia e passou a ferver a água em recipientes de barro especiais, de acordo com a agência de notícias BTA. Os blocos de sal obtidos eram utilizados no comércio e chegaram a diversas partes da Europa.O sal era um bem muito cobiçado na Antigüidade, já que, além de ser um tempero, representava o único meio de preservar a carne. Às vezes, era chamado de "ouro branco".O cientista disse que a produção de sal continuou por séculos, e que os tesouros encontrados num cemitério próximo, Varna, foram acumulados graças à venda do produto.

Agencia Estado,

01 de novembro de 2006 | 14h25

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.