Encontrado novo depósito de armas e drogas no Alemão

A Polícia Civil estourou na tarde de hoje mais um depósito de drogas e paiol de armas de traficantes na localidade conhecida como Areal, no Complexo do Alemão, zona norte do Rio de Janeiro. Em um dos aposentos, os criminosos mantinham mais de três toneladas de maconha, segundo estimativa das autoridades. Também foram encontrados dois fuzis e muita munição.

ALFREDO JUNQUEIRA, Agência Estado

28 de novembro de 2010 | 14h55

No local que servia de residência para os traficantes, havia televisores de LCD, ar-condicionado, home theater e computadores. A polícia, então, deu início ao transporte da droga para fora do imóvel.

A polícia começou a subir no Complexo do Alemão pouco antes das 8 horas da manhã de hoje. Pelo menos 100 homens de grupos operacionais da Polícia Civil, do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) e da Polícia Federal (PF) revistam casas no conjunto de favelas. A expectativa é que eles encontrem pelo menos parte dos traficantes que poderiam utilizar a região como rota de fuga.

Os agentes têm o apoio de mais de 50 homens do Exército e 5 veículos blindados, sendo um tanque e outros quatro veículos de transporte com metralhadora. "Todas as casas serão revistadas. Beco por beco, buraco por buraco", afirmou o comandante geral da Polícia Militar (PM), Mario Sergio Duarte.

Tudo o que sabemos sobre:
violênciaataquesarmasdrogasRio

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.