Enfermeira é presa no Rio por aplicar silicone

A enfermeira Fernanda Ouverney Valente, de 25 anos, foi presa por policiais da 64ª DP, de São João de Meriti, no Rio, acusada de aplicar silicone em mulheres na Baixada Fluminense. Na casa da enfermeira foram apreendidos frascos de soro, medicamentos, luvas, agulhas, fotos, receitas e diversos cheques.

SOLANGE SPIGLIATTI, Agência Estado

31 Março 2012 | 11h59

Os maridos de duas mulheres, que estão internadas em estado gravíssimo, segundo a polícia, denunciaram Fernanda na última quarta-feira, 28. Segundo a polícia, a enfermeira havia aplicado silicone e metacrill em dezenas de mulheres na Baixada Fluminense.

O mandado de prisão foi expedido pela 1ª Vara Criminal de São João de Meriti e a enfermeira será indiciada por lesão corporal e exercício ilegal da medicina. A pena pode variar entre 10 e 15 anos de reclusão, segundo a polícia.

Mais conteúdo sobre:
Enfermeirasiliconeprisão

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.