Edu Silva/Futura Press/Estadão
Edu Silva/Futura Press/Estadão

Engano com marchas pode ter provocado acidente no Tietê

Ônibus de turismo invadiu plataforma de embarque, matando uma mulher

AE, Agência Estado

17 de fevereiro de 2014 | 08h57

SÃO PAULO - Em depoimento à Polícia Civil, Paulo Sérgio da Silva, de 57 anos, motorista do ônibus que atropelou os passageiros no Terminal Rodoviário do Tietê em São Paulo, na noite de domingo, 16, afirmou ter se enganado com o câmbio do ônibus.

Uma mulher morreu e cinco ficaram feridas no acidente quando o ônibus da viação Itapemirim dirigido por Paulo Sérgio invadiu uma plataforma de embarque.

Até as 0h20 desta segunda-feira, não havia sido divulgado o estado de saúde dos feridos nem a identidade da vítima fatal. Os feridos foram levados para os prontos-socorros da Santa Casa e do Hospital do Mandaqui.

O motorista será indiciado por lesão corporal e homicídio culposo, segundo informou a Polícia Civil.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.