Enredo da Vai-Vai pretende impulsionar setor de vinhos

Vai-Vai quer transformar a bebida do carnaval da cerveja para o vinho

SUZANA INHESTA, Agência Estado

09 de fevereiro de 2013 | 03h34

A escola de samba Vai-Vai quer "transformar" a bebida do carnaval: da tradicional cerveja para o vinho. "O vinho esta aí para ser saboreado. O carnaval é sempre da cerveja, por que não do vinho, do espumante, do suco de uva?", perguntou o vice-presidente da Vai-Vai, Renato Maluf, o Malufinho, afirmando estar muito feliz de ter participado na aprovação do tema do samba-enredo desse ano.

Para o diretor executivo do Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin), Carlos Paviani, a homenagem da Vai-Vai veio em boa hora, já que o setor está trabalhando para aumentar o consumo per capita da bebida no Pais. "É um território (carnaval) que sempre foi da cerveja. Mas tem espaço para todos", declarou. O consumo per capita nacional hoje é de 1,9 litro (média dos últimos anos) e o setor, juntamente com o varejo e outros elos da cadeia, quer que até o final de 2016 chegue a 2,5 litros.

O executivo, que desfila pela primeira vez confessou estar com um "friozinho na barriga, mas feliz". A iniciativa de sugerir o tema foi do Ibravin, mas a Vai-Vai concordou imediatamente, disse Paviani.

Destaque

Maluf, da Vai-Vai, disse que a escola este ano traz a comissão de frente comandada e coreografada por Jarbas Homem de Mello, ator de musicais, como Chicago, e atual namorado da atriz Claudia Raia.

Tudo o que sabemos sobre:
Carnaval 2013SPVai-VaivinhoIbravin

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.