Enterro de padre causa forte comoção no Recife

Foi sepultado ontem o corpo do padre espanhol Ramiro Ludena y Amigo, 74 anos, assassinado no Recife (PE), durante suposta tentativa de assalto. A cerimônia foi acompanhada por dezenas de fiéis, amigos e jovens do Movimento de Apoio aos Meninos de Rua (Mamer), entidade fundada há 20 anos pelo religioso, que se dedicava à formação de crianças e adolescentes. De acordo com a delegada Sylvanna Lellis, um rapaz de 16 anos, detido na sexta-feira, confessou ter atirado no padre porque achou que ele reagiria ao assalto. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.