ENTREVISTA-MPF investiga empreendimentos de cobre da Vale no PA

Após ajuizar ação que pede a suspensão da operação de níquel Onça Puma, da Vale, o Ministério Público Federal (MPF) tem mais dois novos alvos de investigação das atividades da mineradora no Pará.

REUTERS

30 Maio 2012 | 16h20

O MPF vai agora se concentrar em denúncias que envolvem os empreendimentos de cobre Salobo e Sossego, afirmou à Reuters nesta quarta-feira o procurador da República André Casagrande Raupp.

"Existem procedimentos que investigam eventuais prejuízos em em sociedades indígenas... entre eles, foram citados Salobo e Sossego", disse procurador, responsável pela ação judicial pedindo a suspensão das atividades Onça Puma.

No caso da ação sobre Onça Puma, o procurador argumenta que a Vale falhou em atender a obrigações para mitigar impacto da mina sobre povos indígenas na região.

(Por Sabrina Lorenzi)

Mais conteúdo sobre:
MINERACAO VALE PARA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.