Equipe do Ibama do Pará é emboscada na BR 163

Dois homens com armas automáticas, coletes balísticos e máscaras emboscaram uma equipe de fiscalização do Ibama e do Instituto Chico Mendes (ICMBio) na manhã de ontem na BR-163, na altura de Cachoeira da Serra, distrito de Novo Progresso, no Pará.

O Estado de S.Paulo

29 Março 2012 | 03h09

Obrigados a parar por causa de troncos na estrada, os veículos da fiscalização foram abordados.

Policiais ambientais do Pará acompanhavam os fiscais e trocaram tiros com os mascarados, que acabaram fugindo pelo mato. Nenhum dos agentes foi ferido.

Há cerca de duas semanas, Ibama, ICMBio e Polícia Ambiental do Pará estão na região para combater desmatamento ilegal. Anteontem, durante sobrevoo com o helicóptero do instituto, identificou-se um acampamento e uma grande área de floresta derrubada. A equipe desembarcou próximo ao local para monitorar as ações e o helicóptero retornou à base para buscar apoio terrestre. Na manhã de ontem, duas caminhonetes com fiscais e policiais seguiam para a localidade quando houve o confronto.

Os fiscais foram resgatados no final da manhã de ontem.

De acordo com a ativista Silvanira Teixeira de Paula, da Associação dos Acampados Pequenos Agricultores, grandes fazendeiros empurram pequenos produtores para a área fiscalizada, próxima a uma Unidade de Conservação.

Impunes. Estudo divulgado este mês pelo Banco Mundial afirma que a probabilidade de um madeireiro ilegal ser penalizado no Brasil e em outros três países (México, Indonésia e Filipinas) é menor que 0,08%. A pesquisa foi realizada durante 4 anos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.