Equipe palaciana de Dilma será anunciada na semana que vem

A presidente eleita Dilma Rousseff deve anunciar na semana que vem os nomes da equipe que trabalhará ao seu lado no Palácio do Planalto, disse um interlocutor próximo à Dilma dentro da equipe de transição de governo.

REUTERS

25 de novembro de 2010 | 14h22

Dilma anunciará os ocupantes da Secretaria-Geral da Presidência da República, da Casa Civil, da Secretaria de Relações Institucionais e do Gabinete de Segurança Institucional.

Ainda segundo o interlocutor, o presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Luciano Coutinho, permanecerá no cargo no governo Dilma. A manutenção de Coutinho, no entanto, só será formalizada após o anúncio de todo o primeiro escalão do novo governo.

Nesta quinta-feira, uma outra fonte próxima ao futuro governo disse à Reuters que o deputado pelo PT paulista e ex-ministro da Fazenda Antonio Palocci deve "muito provavelmente" ser o nome apontado por Dilma para ocupar a Casa Civil.

Na véspera foi anunciada oficialmente a equipe econômica de Dilma. O ministro da Fazenda, Guido Mantega, permanecerá na pasta, enquanto Miriam Belchior, que atualmente coordena o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) na Casa Civil, será ministra do Planejamento e o atual diretor de Normas do Banco Central, Alexandre Tombini, presidirá a instituição --sua indicação ainda precisa ser aprovada pelo Senado.

O interlocutor acrescentou ainda que não haverá novos anúncios de integrantes da equipe de Dilma nesta semana.

(Reportagem de Maria Carolina Marcello)

Tudo o que sabemos sobre:
POLITICACOUTINHOBNDES*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.