Ernesto se move para o Caribe;nova tempestade se forma no Atlântico

A tempestade tropical Ernesto se fortaleceu neste sábado e logo se tornará um furacão, enquanto mantém seu curso em direção ao mar do Caribe e ameaçando a Jamaica, informaram especialistas em previsão do tempo norte-americanos.

MICHAEL CONNOR, Reuters

04 de agosto de 2012 | 14h42

Autoridades na Jamaica emitiram um sinal de alerta sobre a tempestade tropical na ilha, enquanto Ernesto se move pelo mar aberto a 30 quilômetros por hora.

Com ventos máximos de 95 quilômetros por hora, Ernesto estava no início deste sábado a 490 quilômetros ao sul de San Juan, em Porto Rico, e era esperado para chegar ao sul da Jamaica, de acordo com previsões do Centro Nacional de Furacões, nos Estados Unidos.

"Um gradual fortalecimento é previsto durante os próximos dias, e Ernesto deve se tornar um furacão no domingo", informou o orgão de previsão dos EUA.

Os especialistas esperam que Ernesto se mova para o sul do Golfo do México na terça-feira, mas ainda era muito cedo para saber se poderia interromper as operações de gás e petróleo no golfo.

Separadamente, o Centro informou que outra tempestade tropical, chamada Florence, formou-se sábado no Atlântico, cerca de 530 quilômetros mais ao sul das ilhas de Cabo Verde.

Mais conteúdo sobre:
ERNESTOFURACAO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.