Escândalo da Petrobrás e Mega-Sena acumulada foram destaques no fim de semana

O valor do prêmio é metade do que um dos presos aceitou devolver no processo de delação premiada da Operação Lava-Jato

O Estado de S. Paulo

24 Novembro 2014 | 09h38

 O noticiário do fim de semana continuou dominado pelo escândalo de corrupção na Petrobrás, com troca de denúncias e detalhes das investigações.

O valor do prêmio da Mega-Sena sorteada no sábado também deu o que falar, especialmente pela comparação feita em uma reportagem com o valor devolvido por um dos envolvidos na operação Lava-Jato.

O valor do prêmio, de R$ 135 milhões, é metade do que um dos presos aceitou devolver no processo de delação premiada.

No esporte, o destaque foi a notícia do Cruzeiro sobre o Goiás, o que garantiu o triunfo no campeonato brasileiro com duas rodadas de antecedência. Outra muito lida foi a notícia de que Rogério Ceni confirmou, no sábado, que tem um filho fora do casamento. A informação foi publicada em primeira mão pela colunista Sonia Racy, do Estadão.

Uma das campeãs de audiência foi uma lista de nove hábitos das pessoas ricas publicada pelo Estadão Pequenas e Médias Empresas. Confira a lista das mais lidas no fim de semana:

Técnicos alertaram para ‘consolidação de danos’ após veto de Lula

Mega-Sena vai pagar metade do valor que o ex-gerente da Petrobrás vai devolver

Ex-diretor da Petrobrás diz que líder do PT no Senado recebeu R$ 1 milhão

Operador do PMDB diz que começou negócios na Petrobrás no governo FHC

Ministro do STF suspende autorização para Dirceu viajar

GM pode ser processada em R$ 7,6 bilhões

Cruzeiro triunfa e é tetra com duas rodadas de antecedência

Rogério Ceni confirma que tem um filho fora do casamento

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.