Escolas públicas de SP farão três provas em novembro

Estaduais retomam Saresp; municipais realizam o primeiro Prova São Paulo e o MEC aplica novo Prova Brasil

AE, Agencia Estado

07 de setembro de 2007 | 09h51

Novembro será um mês de avaliações nas escolas da rede pública de ensino de São Paulo. Na rede estadual, será retomado o Sistema de Avaliação de Rendimento Escolar (Saresp), suspenso pelo governo paulista no ano passado e cujos resultados passam a ter impacto na política de remuneração dos funcionários a partir de 2008. Nas escolas municipais da capital, os alunos farão pela primeira vez a Prova São Paulo. Além disso, o Ministério da Educação (MEC) aplicará em todo o País mais uma edição da Prova Brasil.Os três exames trazem novidades neste ano. O Saresp, por exemplo, foi alterado para permitir que os resultados possam ser comparados às avaliações nacionais, como a Prova Brasil. "Até então, a matriz curricular do Saresp não permitia comparabilidade com os exames aplicados pelo MEC. Houve escolas que fizeram as duas avaliações e tiveram resultados bem diferentes. Agora, a matriz terá pontos de convergência com o Saeb", disse a secretária estadual da Educação, Maria Helena Guimarães de Castro.Outro fator destacado pela secretária é que, com as mudanças, também será mais fácil comparar o desempenho das escolas estaduais às de todo o País. "Isso é muito importante para melhorar o diagnóstico de cada escola."A partir deste ano, todas as unidades da rede estadual de ensino também passam a participar da Prova Brasil. Em 2005, São Paulo foi o único Estado brasileiro que optou por participar do exame só por amostragem. "O objetivo não é punir escolas com baixo desempenho, mas se tornar ferramentas de apoio", explica a secretária. Segundo Maria Helena, será dada ênfase a programas de recuperação de aprendizagem "que até hoje só existiam no papel".

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.