Escrevendo de boca cheia

João Vitor e Maria Antonia são amigos, curiosos e adoram comer. Foram convidados para serem os críticos deste Paladarzinho e observar como estava a comida e o atendimento no restaurante escolhido: a Lanchonete da Cidade.

O Estado de S.Paulo

07 Outubro 2010 | 01h22

Veja a avaliação deles.

Onde fica: Lanchonete da Cidade. Av. Macuco, 355, Moema, 3569-8252

''Pedi um cachorro-quente com maionese e um molho diferente com pedacinhos de cebola e tomate, muito bom. A batata palha vinha separada em um potinho. O que gostei no cachorro-quente é que ele vem embalado num papel "superfofo", nota 10. Junto com o lanche pedi suco de melancia que estava docinho do jeito que eu gosto, também achei 10. Pedi de sobremesa brigadeiro de colher e o mais legal é que ele vinha em uma colher como em casa. Também adorei ver os cozinheiros fazendo a comida, assim você tem mais segurança na hora de comer. Os garçons atenderam meu pedido rapidinho, muito bom. A única coisa de que não gostei é que achei um pouco caro, nota 4!''

Maria Antonia da Mota Batista, 9 anos

Toca piano, tem uma banda de rock com os amigos da escola, adora ler e viajar. Sonha em conhecer Paris

Olhei o cardápio e fiquei na dúvida entre pedir um sanduíche ou batata frita, mas vieram os dois.

O sanduíche era simples, com pão e carne. Não quis queijo, nem molho. E a batata tinha alecrim e alho. Não gosto de alho e alecrim, então comi só a batata. O sanduíche e a batata estavam nota 10.

O serviço nota 10 também porque me atenderam bem, trouxeram tudo que eu pedi, foram rápidos e a comida chegou quentinha. Depois pedi um café com cookies, pois em casa minha mãe não deixa eu tomar café. Mas eu adoro café e já tomei um monte na exposição da escola. O café estava nota 7, porque veio sem açúcar, amargo. Coloquei açúcar e aí ficou nota 10.

João Vitor Sayon, de 8 anos

Joga futsal, é corintiano, adora ler e jogar "bafo" com os amigos. Sonha em ser jogador de futebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.