Espanha detém 14 pessoas por pedofilia na internet

A Guarda Civil espanhola deteve 14 pessoas por trocarem pornografia infantil na Internet e encontrou mais de 450 arquivos com conteúdo pedófilo. "Em alguns casos, compartilhavam até mais de 1.000 (arquivos) em que apreciavam tratamentos vexatórios e violência física a menores", informou na sexta-feira a Guarda Civil, em comunicado. Os agentes realizaram 15 buscas domiciliares em 11 províncias, após localizarem com dificuldade os pontos de onde se trocavam os arquivos. "Os acusados realizavam, em alguns casos, conexões à internet através de instalações ´WiFi´ que se encontravam nas proximidades de seu domicílio e que não estavam codificadas", acrescentou a nota. As idades das pessoas detidas são entre 18 e 43 anos. Em um caso, foi encontrado no computador um vídeo pedófilo gravado sobre uma menor, o que caracteriza acusação de produção de material pornográfico.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.