Espanha julga cartunistas por charge de príncipe fazendo sexo

Revista responde por piada sobre lei para dar dinheiro a casais com bebês

Anelise Infante, BBC

13 de novembro de 2007 | 11h00

O Tribunal Superior da Espanha julga nesta terça-feira dois caricaturistas, criadores de uma charge onde o príncipe Felipe aparece tendo relações sexuais com a mulher, a princesa Letizia.A caricatura foi capa da revista El Jueves e pretendia fazer uma brincadeira com a lei que oferece dinheiro aos casais que têm filhos.Na charge havia também uma frase onde o herdeiro ao trono espanhol dizia que, com a nova legislação, seria a primeira vez em que ele teria um trabalho na vida.A revista foi retirada das bancas espanholas em julho, pouco depois de ser publicada, por ordem judicial.Os caricaturistas Guillermo Torres e Manel Fontdevilla foram acusados de difamar a família real e terão que se declarar diante do juiz.A promotoria pede multa equivalente a R$ 9,4 mil para cada um, ou prisão domiciliar durante dez meses. No processo, o promotor definiu a ilustração como "claramente denegrinte e objetivamente difamadora. Um atentado contra a honra do príncipe. Além de uma deliberada e indevida utilização da imagem com evidente e consciente menosprezo à coroa, causando notável dano ao seu prestígio institucional".A charge foi publicada no dia 20 de julho, depois que o governo espanhol anunciou o projeto-lei do "cheque-bebê" - uma subvenção equivalente a R$ 6,5 mil para cada criança que nasce no país, incentivando, assim, um aumento nos índices de natalidade.A capa da revista El Jueves tinha como título: "Dá para notar que as eleições vem aí, ZP (uma alusão ao primeiro-ministro José Luis Rodríguez Zapatero)! 2500 Euros por criança!".Em seguida, aparecia a caricatura com o príncipe Felipe e a princesa Letizia nus, e a frase do herdeiro do trono: "Está vendo? Se você ficar grávida... Isso vai ser o mais parecido a um trabalho que fiz em toda minha vida!"O casal já tem duas filhas.Com mais de 30 anos, a El Jueves é uma das revistas mais antigas da Espanha, e se caracteriza por fazer charges políticas.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.