Espanhóis e moçambicanos são presos com cocaína em SP

Casal africano tentava embarcar para a África do Sul com 18,3 kg da droga; espanhóis carregavam 5 kg

RICARDO VALOTA, Agencia Estado

09 de novembro de 2007 | 07h18

Policiais federais prenderam em flagrante, por volta das 22h da última quinta-feira, 8, os irmãos moçambicanos Fátima Canilva Momade, cabeleireira, de 26 anos, e o escriturário Uzeif Momade Abdul Nazane, de 20 anos, quando o casal tentava embarcar com 18,3 quilos de cocaína em um vôo da South África para Johanesburgo, capital da África do Sul. A prisão foi no Aeroporto Internacional de São Paulo, em Cumbica, em Guarulhos, na Grande SP.   Um menino 10 meses, filho da traficante, estava no colo da mãe quando os policiais realizaram a prisão. O bebê ficará aos cuidados do Conselho Tutelar.Sete horas antes, por volta das 15h, um casal de amigos espanhóis foram presos também em Cumbica com cinco quilos de pasta de cocaína no momento em que se preparavam para realizar uma conexão. Eles vinham de Foz do Iguaçu (PR) e seguiriam para Madri, na Espanha, onde venderiam a droga por R$ 30 mil. A cocaína estava no fundo falso de duas mochilas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.