'Espero um mês para ser atendido no convênio'

Os exames que José Neto Alves da Silva carregava haviam sido pedidos pelo médico do SUS, mas como o retorno no sistema público está agendado somente para o mês que vem, ele decidiu encurtar caminho e pagar R$ 60 pela atendimento no urologista do Dr. Consulta.

O Estado de S.Paulo

22 de julho de 2012 | 03h06

Ao lado dele, na sala de espera, estava o amigo Gilmar Felipe, que, apesar de ter plano de saúde, preferiu marcar uma consulta particular e fazer um eletrocardiograma, a R$ 80. "Muito melhor. No convênio, demoro um mês para ser atendido e preciso levar guia de um lado a outro para marcar exame. Aqui, fiz a consulta e o eletrocardiograma na hora. Uma praticidade que nunca tinha vivido", diz.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.