Esportistas temem o vírus zika nos Jogos do Rio

Nadadora espanhola e técnico de atleta britânica falam de risco de contaminação pelo vírus durante a Olimpíada

O Estado de S. Paulo

10 Fevereiro 2016 | 15h51

SÃO PAULO - Atletas e treinadores estrangeiros admitem temer a contaminação pelo virus zika durante os Jogos Olímpicos do Rio, que ocorrem em agosto. A nadadora espanhola Mireia Belmonte, que conquistou duas medalhas de prata na Olimpíada de Londres-2012, disse nesta quarta-feira, 10, que não descarta a possibilidade de não vir ao Brasil para competir por causa da epidemia.

"Se minha saúde correr perigo, pensarei em não ir aos Jogos do Rio", disse Mireia em entrevista ao diário esportivo espalnhol "AS". "Ainda falta muito tempo para os Jogos e as coisas podem mudar, mas é importante saber que estaremos seguros e que nossa saúde não estará ameaçada. Precisamos estar bem informados sobre o que vamos encontrar lá", ponderou a nadadora. 

Já Toni Minichiello, técnico da britânica Jessica Ennis-Hill, campeã do heptatlo em Londres-2012, pediu que a delegação do Reino Unido desista de fazer a aclimatação no Brasil para os Jogos do Rio. "Não desejaria que um atleta fosse a um lugar onde possa contrair algo que cause prejuízo a longo prazo. Temos de encontrar um lugar de concentração que minimiza os riscos, em seguida, ir para o país (Brasil) o mais tarde possível", disse ao jornal britânico "The Times".

"Nossos planos não mudam, nem para a preparação nem para os Jogos", disse um porta-voz do Comitê Olímpico Britânico. Até o momento, o Brasil é o país mais afetado no mundo pela epidemia zika, com 1,5 milhões de casos, seguido pela Colômbia, com 22.600 registros. O zika vírus é transmitido pela picada do mosquito Aedes aegypti, o mesmo transmissor da dengue e da chikungunha.

Nessa terça-feira, 9, o Comitê Olímpico do Quênia divulgou que pode retirar toda a delegação do país africano dos Jogos do Rio por causa da epidemia. 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.