Esta é a Cebichería La Mar

São Paulo ganha uma nova cevicheria, La Mar, mostrada aqui em primeira mão. O peixe cru marinado no limão, prato de pescadores peruanos, é servido no balcão, como em botecos do cais. Mas com o status gourmet que já conquistou

O Estado de S.Paulo

23 Abril 2009 | 02h49

A La Mar Cebichería Peruana começa a funcionar amanhã, no jantar. O restaurante - que o Paladar mostra em primeira mão - faz parte de uma franquia criada pelo chef limenho Gastón Acurio, com unidades em São Francisco, Cidade do México e Santiago do Chile, entre outras.

O endereço paulistano segue o estilo da rede, no cardápio, na decoração e na música latina. Uma equipe do Peru passou dois meses em São Paulo treinando o time que será chefiado por Fábio Barbosa (ex-subchef do Emiliano). Mas durante o primeiro ano de funcionamento da casa um chef peruano permanecerá na cidade.

As especialidades do cardápio saem do balcão. São ceviches, peixe cru marinado em limão e servido com cebola e pimenta; tiraditos, peixe cru fatiado e marinado, sem cebola; e as causas, bolinhos muito populares no Peru, feitos com batata, limão e ají amarillo e recheados de camarão ou peixe. Mas há também pratos quentes, como os arrozes. Os frios custam em média R$ 30 e os quentes variam em torno de R$ 50. "A ideia é pedir porções para dividir", sugere o chef.

Instalado na Rua Tabapuã, depois de um investimento de R$ 3,6 milhões (pelo mesmo grupo do restaurante Shimo) o salão é imponente, com 350 m², pé direito alto e 130 lugares. A decoração combina luz natural, plantas, madeira e cadeiras revestidas de náilon turquesa. Uma parede coberta de bambu confere certo ar praiano.

La Mar - R. Tabapuã, 1.410, Itaim Bibi, 3073-1213. De 2ª a 6ª, das 12h às 15h e das 19h às 24h; domingo, apenas almoço, até as 17 horas

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.