Estadão lança jornal MetaNews no Second Life

Publicação foi distribuída em bancas nesta segunda-feira, dia 2 de julho

Agencia Estado

03 de julho de 2007 | 14h38

O jornal MetaNews, produzido pelo Grupo Estado, foi lançado nesta segunda-feira, dia 2 de julho, no ambiente do Second Life Brasil. É a publicação oficial do metaverso, fruto de parceria do Estadão com a Kaizen Games e o iG, que distribuem o programa no Brasil.O jornal tem atualização diária e será distribuído a todos os avatares residentes do SL Brasil e poderá ser acessado como um item no inventário dos usuários. Residentes de plataformas estrangeiras do programa também podem ter acesso ao jornal. Basta pegar um exemplar, de graça, em bancas espalhadas pelas ilhas da Kaizen Games. Com o objeto no inventário, é só clicar com o botão direito em "vestir" para o MetaNews carregar na tela.A atualização é dinâmica - não é preciso procurar novas edições para ter notícias atualizadas. Na prática, é o primeiro jornal brasileiro a gerar e distribuir conteúdo exclusivamente no mundo virtual. Repórteres-avatares do Estadão estão diariamente conectados e produzem reportagens para leitores virtuais.Como funcionaO MetaNews tem cinco abas de leitura, com material de diferentes editorias. A linha editorial está voltada a notícias factuais, agenda cultural e novidades tecnológicas do mundo real. Como se trata de forma de comunicação ainda desconhecida, a linguagem é experimental e inovadora, desenvolvida com base em costumes de usuários do SL. É um novo produto do Grupo Estado, e não a reprodução sintética do conteúdo dos jornais.Além de notícias, o MetaNews reservará espaço para dicas de eventos e lugares interessantes para visitar no Second Life. Haverá um link após cada matéria com o endereço de teleporte, ferramenta inovadora de interação. Do jornal, avatares podem partir direto para o local indicado.Outro ponto pioneiro da publicação é a possibilidade de qualquer usuário do metaverso participar da produção. É possível enviar textos, fotos, sugestões de reportagens e divulgação de eventos por e-mail ou contato com os repórteres-avatares. É a versão na segunda vida do chamado citizen journalism - ou jornalismo participativo, tendência em jornais do mundo todo - e a aplicação no SL do conceito de Web 2.0.Além de notícias e informações jornalísticas, o MetaNews também traz espaço para anúncios classificados do ZAP, o balcão de ofertas do Estadão. Os anúncios são voltados apenas para produtos do Second Life, como venda de terrenos, objetos pessoais e ofertas de empregos do metaverso.Sobre o Second LifeO Second Life Brasil é um software que imita a vida real. O programa original, da empresa norte-americana Linden Lab, foi criado em 2003 e vem conquistando adeptos desde então. Hoje são mais de 7,6 milhões de avatares espalhados pelo mundo, com média de 30 mil conectados ao mesmo tempo.

Tudo o que sabemos sobre:
Second LifeEstadãoMetaNewsKaizen

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.