Estados do Sudeste concentram 42% da oferta

Quase 13 mil vagas pertencem às 24 instituições federais da região; UFRJ é a que oferece mais postos

O Estado de S.Paulo

18 de junho de 2012 | 03h05

O estudante que pretende concorrer uma vaga no ensino superior pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu) vai encontrar quase metade das vagas na Região Sudeste do País. As 24 instituições de ensino dessa região respondem por 42% da oferta de vagas nesse processo. Do total, 12.961 colocações estão no Sudeste, segundo mapa das vagas obtido pelo Estado.

Com a instituição que mais tem vagas neste processo seletivo - a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) -, o Rio é o Estado com mais vagas no Sisu, com 7.495 em 11 instituições de ensino, seguido de Minas Gerais, Paraná e Ceará. Em São Paulo, apenas o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (IFSP) tem oferta de vagas, com 1.080 oportunidades.

As inscrições devem ser feitas no site sisu.mec.gov.br até sexta-feira, dia 22. Para participar, é preciso ter feito a prova do Enem 2011, com nota diferente de zero na redação. Também é necessário ter em mãos o número de inscrição e a senha no Enem do mesmo ano.

O Sisu também permite ao estudante localizar cursos e vagas por meio de pesquisa com a indicação do município, da unidade da Federação e da instituição de ensino. É possível também saber em quais instituições estão as vagas pretendidas.

Na inscrição, o candidato escolhe até duas opções de curso. É possível alterar essas escolhas ao longo do período de inscrições. Como a procura é diferente para cada curso e as instituições adotam critérios próprios de uso das notas do Enem ou política de bônus, o sistema gera uma nota de corte no fim de cada dia de inscrição. Essa é a menor pontuação para ficar entre os selecionados para um curso.

A nota de corte, entretanto, é uma referência para que o candidato a compare com o seu desempenho. A lista de aprovados só sai no dia 25 de junho.

Oferta. Ao todo, as 56 instituições de ensino superior participantes do processo neste segundo semestre oferecem 30.548 vagas em 949 cursos. Às políticas afirmativas estão reservadas 8.688.

As instituições neste processo oferecem 6.491 vagas em cursos de licenciatura. Os cursos de licenciatura com maior oferta são Pedagogia, (777 vagas), Matemática (757), Química (670) e Ciências Biológicas (513).

Quem precisa estudar à noite pode concorrer a uma das 10.816 vagas oferecidas no período noturno. O Sisu oferece 14.342 vagas em regime integral, 2.976 para o período da manhã e 2.414 para as aulas no turno vespertino. / P.S.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.