Estatal do pré-sal analisa de 7 a 10 casos potenciais de unitização

A estatal do pré-sal analisa de sete a dez casos potenciais de unitização de áreas de petróleo no Brasil, disse nesta quarta-feira o presidente da PPSA, Oswaldo Pedrosa.

Reuters

09 Abril 2014 | 14h59

A unitização ocorre quando uma reserva de determinada empresa extrapola para fora da área de concessão.

Segundo ele, a maior parte dos casos de unitização são de áreas que têm a Petrobras como operadora.

"Uns casos são maiores, outros menores, uns casos são prioritários, mais prioritários, e outros não. Mas maior parte envolve a Petrobras como operadora", disse Pedrosa a jornalistas após evento no Rio.

(Por Rodrigo Viga Gaier)

Mais conteúdo sobre:
ENERGIAUNITIZACAOPRESAL*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.