Estivadores invadem por mar terminal do Porto de Santos

Cerca de 250 estivadores do Porto de Santos invadiram por mar o terminal da Empresa Brasileira de Terminais Portuários (Embraport), da Odebrecht TransPort em parceria com DP World e Coimex. De acordo com a Polícia Militar, a ação ocorreu por volta das 13h30 desta quinta-feira, 11. Como terminais portuários são área de domínio federal, a PF está no local negociando a saída dos manifestantes.

GABRIELA VIEIRA, Agência Estado

11 de julho de 2013 | 15h13

Os estivadores reivindicam que a empresa contrate somente trabalhadores cadastrados no Órgão Gestões de Mão de Obra (OGMO). Com base na nova Lei dos Portos, a Embraport está recrutando os novos funcionários através do regime de Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT), o que possibilita a contratação de profissionais não ligados ao sindicato.

Nessa quarta, 10, aproximadamente 500 estivadores suspenderam as atividades do porto, afetando o carregamento de contêineres e de cargas soltas em geral durante o período da manhã. Em nota, a empresa informou que tem dado preferência aos trabalhadores registrados e cadastrados no OGMO, mas o vínculo empregatício permanece com base na CLT.

Mais conteúdo sobre:
protestosestivadores

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.